18 de março de 2009

Diversão


Menino rico comprou um brinquedo
e brincou
brincou com vontade

Menino rico brincou
brincou
brincou
o brinquedo caiu
bateu
e rebentou!

Meninos pobres apanharam os restos
e fizeram brinquedinhos.

(18/03/2009)

Poema inspirado no poema "Fábula" de José Craveirinha

Um comentário:

  1. Amigo querido Flávio!

    Meninos são meninos.
    Pessoas são pessoas.
    Os Pobres são muito mais ricos sendo pobres.
    Os ricos são muito mais pobres sendo ricos.
    Existem os intermediários que nem ricos e Pobres são nobres e ricos de virtudes.
    Ricos de saúde.
    Quem ama crianças e animais
    O coração bate forte com os próximos, da família.
    E ao olhar para uma criança ou um Animalzinho de rua...
    O coração sente que são como se fossem filhos da gente.

    Linda fotografia Flávio!
    Parabéns por manter teu blog lindo sendo um SUJEITO lindo!
    Te admiro muito!

    Cenira de Mello

    ResponderExcluir

Agradeço o seu comentário, é sempre bom exercitarmos a nossa melhor e mais eficiente qualidade: comunicação!
Forte abraço,
Flávio