23 de junho de 2008

Passagem

Sua presença em espírito
Fortalece sua ausência
Minha busca e procura
Necessárias
Diante de meus olhos, a dúvida.

Quero seu retorno imediato
Quero seu amor hiato
Escalar morros íngremes
Minha tristeza inefável!
Diante de meus olhos, a dúvida.

You past way – diria o gringo
Fui eu que estacionei?
Desacredito
Prefiro a dor da saudade.
Masoquismo – certamente

Atitudes me faltam
Força e coragem me são alheias
A procura incessante
A derrota é toda nua.

Diante de meus olhos, a dúvida...

(Homenagem ao meu inesquecível irmão José Vicente)

Um comentário:

Agradeço o seu comentário, é sempre bom exercitarmos a nossa melhor e mais eficiente qualidade: comunicação!
Forte abraço,
Flávio